20 de julho de 2013

Assaltante tem enfarte e morre

Câmera do sistema de monitoramento de um comércio filmou as cenas do assalto/ Foto: Reprodução


Mais um caso considerado inédito na Região do Alto Tietê aconteceu, às 14h10 de ontem (19), na Rua Projetada, em Jundiapeba. O ex-detento  Vitor Aparecido Oliveira da Rocha, de 20 anos, assaltava  Júlio Hatushikano, de 56 anos, na frente do Mercado JK, onde o motorista iria iniciar a entrega de várias mercadorias  da empresa Martins, da Capital. Porém, depois de apontar a arma e ameaçar manter a vítima como refém para roubar a Van e a carga, o criminoso passou mal e caiu, vindo a chegar morto no Posto de Saúde 24 horas, para onde foi levado por quatro colegas e uma pessoa que usou o próprio carro.
Vitor já esteve preso por porte ilegal de arma e há 20 dias deixou a cadeia; era solteiro e residia no Conjunto Habitacional José Bezerra de Melo, próximo ao local do assalto. Ele foi acometido por enfarte fulminante. Só a necrópsia  revelará se já tinha problemas cardíacos.
“A gente não deve desejar mal para os outros, mas fiquei um pouquinho aliviado quando ele caiu. Eu fiquei sem saber o que fazer. Na hora que me rendeu, perguntou se o carro tinha rastreador; ele iria me levar como refém, disso tenho certeza”, detalhou o  motorista. Na hora, pulou o corpo e se escondeu no mercado, mas depois continuou o serviço de entrega,  até ser chamado,  já em Suzano.
A filmagem obtida pelo  chefe Aparecido e os investigadores Marcelo Mello, Marcos Mello e João Braz mostra um adolescente caminhando na direção do corpo, caído entre a Van e a calçada do Mercado JK. Ele pega o revólver, o esconde sob a camiseta e a bermuda. Os chinelos de Vitor também foram furtados.
A delegada Vera D’Antracoli, titular em exercício do 4º Distrito Policial, além de titular da Delegacia do Idoso, a escrivã chefe Rute Regina e a escrivã Cristiane registraram a ocorrência como  roubo, comunicação de óbito e furto. (Laércio Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário