13 de fevereiro de 2013

Guarda Armada

Em resposta a manifestação do vereador Mauro Araújo, na sessão da Câmara Municipal do dia 13/02/13, foi infeliz em algumas colocações, pois demonstrou desconhecimento da causa, quando o Vereador Clodoaldo colocou-se a favor do armamento para a Guarda Municipal de Mogi das Cruzes, para prestar auxilio às policias militar e civil, visando a diminuição da violência em Mogi das Cruzes, que aumentou de forma assombrosa, nos últimos tempos.


 O Vereador Mauro Araújo, desconhece que a Policia Federal, órgão que emite autorização para porte e registro de armas no Brasil, somente autoriza uma Guarda Municipal portar arma, após esta se enquadrar nos seus requisitos, que por sinal não são poucos, entre outras: uma avaliação feita por psicólogo credenciado pela Policia Federal; curso e treinamento profissionais qualificados e credenciados pela Policia Federal; carga horária de manuseio, tiro e conhecimento de armamentos; a corporação, Guarda Municipal, terá que se adaptar a diversas exigências, tais como local seguro para armazenamento de armas e munições; criar ouvidoria e corregedoria própria e independente; obrigatório reciclagens constantes e comunicar a Policia Federal anualmente.
 Portanto, não será qualquer um que poderá portar uma arma de fogo na Guarda Municipal, como se entrega um brinquedo para uma criança carente no natal.
No Estado de São Paulo, cerca de 80% das Guardas Municipais trabalham armadas, sendo o índice de acidentes envolvendo esses profissionais é muito baixo, vale ressaltar que o Policial Militar para portar uma arma também precisa de treinamento, o mesmo que o Guarda Municipal que for trabalhar armado terá, com uma diferença, por um Guarda Municipal ser um civil, automaticamente ele tende a valorizar muito mais o cidadão, isto é fato. lembrando que, “O MAIOR PATRIMÔNIO DO MUNICÍPIO É O CIDADÃO”, e a Guarda Municipal está apta a cuidar deste patrimônio pois, sua vida, seu bem estar, sua segurança é a nossa maior preocupação,  acho que também deveria ser a sua, pois o cidadão mogiano, que o elegeu como seu representante, hoje clama segurança, não é hora de ficar colocando empecilhos para que isto aconteça.

2 comentários:

  1. acredito que antes de se manifestar sobre tal assunto,temos que saber oque estamos falando,e este cidadão não fez isso,foi infeliz e mostra um pouco p eleitor a preocupação c a segurança dos seus eleitores que não podem contratar segurança particular,pois temos sim que somar, e é isto que ocorre em 80% dos municipios de sp que tem suas gcms armadas.....parabéns sr. vereador m....a.....

    ResponderExcluir
  2. INFELIZMENTE ALGUNS NOBRES VEREADORES,QUE SAO ELEITOS PARA DEFENDER O CIDADAO. POE SE A FAVOR DE UMA CORPORAÇAO CHAMADA POLICIA MILITAR QUE CADA DIA PROVA QUE NAO SE DAPTA MAIS SE NOS DIAS DE HOJE.RECENTEMENTE TEMOS AQUELE CASO DA CAPITAO RACISTA DA POLICIA MILITAR EM CAMPINAS QUE DEU ORDENS EXPRESSAS PARA ABORDAREM PESSOAS DE COR NEGRA.

















    ResponderExcluir