2 de outubro de 2013

Ambulantes desafiam fiscais e atuam no Centro

Na Rua Dr. Deodato Wertheimer, produtos falsificados também são vendidos perto de pms / Foto: Eisner Soares


A atuação de parte dos policiais militares que promovem a Atividade Delegada tem gerado revolta a alguns comerciantes da região central de Mogi das Cruzes. Principalmente quando o assunto é a venda de CDs e DVDs piratas no calçadão da Rua Dr. Deodato Wertheimer e nos primeiros metros da Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco. Após receber a ligação de um proprietário de estabelecimento comercial que preferiu não se identificar por temer represálias, a reportagem de O Diário foi até as duas localidades e constatou: a comercialização de produtos ilegais ocorre com certa tranquilidade e nem tão distante assim do ponto onde ficam os pms.
A denúncia de uma suposta “vista grossa” dos policiais foi feita no início da tarde da última quarta-feira. Temendo aparecer, o comerciante levantou dúvidas sobre a eficiência, atualmente, da Atividade Delegada, criada em 2011 por um convênio entre Prefeitura e Estado, com o objetivo de combater a ação de marreteiros nas principais vias do comércio no Centro da Cidade. “Não precisa de muita coisa para ver o que está acontecendo: sempre há pessoas com CDs e DVDs piratas e não estão fazendo nada. Tem dias em que eles vendem quase na cara dos pms. Está complicado, né? Mogi realmente precisava disso aí (Atividade Delegada)? Eu não sei, viu, porque é uma coisa que não tem controle”, contou.
Apesar das reclamações, nada foi constatado na quarta-feira. Por duas oportunidades, a reportagem percorreu a Avenida Voluntário até a esquina com a Rua Princesa Isabel de Bragança, bem como toda a extensão dos calçadões da Dr. Deodato e da Dr. Paulo Frontim. Havia 10 policias espalhados por alguns pontos e nenhum vendedor ambulante. Questionado, o comerciante respondeu. “Veja na sexta-feira”.
Realmente a situação mudou neste dia da semana. Entre 15 e 16 horas, a ação de ambulantes ocorria sem nenhum tipo de coibição. A presença dos policiais, vale dizer, no entanto, inibe a comercialização de CDS e DVDs piratas somente nas proximidades deles.

2 comentários:

  1. É PESSOAL,A POLÍCIA Ñ FAZIA A PARTE DELA REVISTANDO OS CARROS NO ENTORNO DO CALÇADÃO,ENQUANTO OS NOSSOS GUARDAS CORRIAM ATRÁS DE CAMELOS NO CALÇADÃO,E OS PMS CRENSCERAM O ZÓIO NA NOSSA HORA EXTRA E TOMARAM PRA ELES O SERVIÇO,AINDA COBRAM DOS CONTRIBUINTES DUAS VEZES PELO MESMO SERVIÇO FAZENDO TODO MUNDO DE OTÁRIO NESSA CIDADE,ISSO É UMA VERGONHA CADÊ OS DIRIGENTES DA ASSOCIAÇÃO VCS TEM QUE DENUNCIAR NO MINISTÉRIO PÚBLICO,E AS NOSSAS HORAS EXTRAS,CADÊ NINGUÉM RECLAMA MAIS TÁ TUDO BEM NÉ, E OS GUARDAS DO MONITORAMENTO TÁ NA HORA DE PARAR DE PASSAR PANO JOGA NA REDE QUE OS CARAS TÃO FAZENDO CORPO MOLE, PRA GENTE VOLTAR A RECEBER NOSSAS EXTRAS VAMO ACORDA PÓ!

    ResponderExcluir
  2. VERDADEIRO GOLPE MILITAR APLICADO NA NOSSA CORPORAÇÃO...

    ResponderExcluir