13 de maio de 2013


SINDICÂNCIA CONTRA VICE PRESIDENTE DA AGCMMC POR PARTICIPAR DE FÓRUM DE SEGURANÇA E DIZER A REALIDADE.



Iduigues será testemunha em sindicância aberta contra membro da GCM




O vereador Iduigues (PT) vai depor como testemunha de defesa da vice-presidente da Associação da Guarda Civil Municipal, Érica Branco, que teve uma sindicância aberta contra ela, depois de ter falado sobre as condições precárias de trabalho da Guarda Municipal, bem como sobre as falhas nos equipamentos e sobre a má estruturação dos serviços durante o 1º Fórum de Segurança e Cultura de Paz, realizada pela associação civil Rede Nossa Mogi, no dia 20 de abril.
Durante o evento, Érica usou a palavra, representando a entidade em que ela atua como vice-presidente, para falar que a Guarda Municipal hoje “está desvalorizada e é tida simplesmente como um outdoor político”. Ao final do evento, a servidora municipal foi repreendida pelo secretário de Segurança, Eli Nepomuceno, que prometeu abrir uma sindicância contra ela e pedir a sua exoneração do cargo.
O vereador Iduigues afirmou que considera a postura a do secretário de Segurança, como antidemocrática, autoritária e repressora. “A Associação dos Guardas Municipais é uma entidade civil e seus membros devem ter liberdade de expressão sem precisar temer represálias. É lamentável a postura do secretário, que a meu ver, acha que continua dentro dos quartéis”, disse. Iduigues será ouvido no dia 16 de maio, às 10 horas, na base da Guarda Municipal.

video

Um comentário:

  1. Isso provará no final desta sindicância, que os diretores são vitímas desta opressão ditadora imposta por este cidadão, que no inicio apareceu com uma imagem e agora que conseguiu ter a atenção do prefeito, mas também por pressão, ou medo , agora caiu a mascára, chegando até colocar os gcms
    em desânimo, desmotivados e até a fiscalização que era atuante, está da mesma forma que os gcms desmotivados....prefeito acorda...

    ResponderExcluir