31 de janeiro de 2013

Guardas Municipais fazem reciclagem


Guardas Municipais recebem treinamento




Os 1,6 mil integrantes da Guarda Municipal de Curitiba vão passar,
 até o fim deste ano, por uma reciclagem completa. A primeira 
turma, com 250 guardas, iniciou as aulas nesta segunda-feira 
(28). Entre os aspectos tratados no curso estão técnicas de 
abordagem, procedimentos operacionais, utilização correta das 
viaturas, uso escalonado da força e como proceder durante 
as ações.  O curso é realizado  no Salão Barigui, no Parque Barigui.

Também fazem parte do currículo alguns procedimentos de
 Defesa Civil, o que inclui entrada, saída e evacuação de locais e 
auxílio a vítimas em casos de emergência. “Alguns guardas 
municipais se formaram em 1988 e nunca mais tiveram uma 
reciclagem como esta”, explica o gerente de instrução, Luiz 
Antônio Rubin. O treinamento será extensivo inclusive a 
guardas municipais que estejam afastados por problemas 
de saúde, por exemplo.

Segundo o diretor da Guarda Municipal, Cláudio Frederico 
de Carvalho, o estágio de qualificação profissional cumpre o 
Decreto federal 5.123, que determina a realização de 80 horas
 de cursos voltados ao atendimento de qualidade ao cidadão. 
“Pela primeira vez essa determinação está sendo cumprida”, diz.

A agente Salete Barbosa Mazutti, há 22 anos na Guarda Municipal
 de Curitiba, confirma. “Há anos eu não tinha uma reciclagem completa
 como esta”, afirma. “Me sentirei mais preparada e mais segura daqui
 para a frente, para dar um melhor atendimento à população.”
Ela comenta que, quando se formou, a abordagem interpessoal não
 era um assunto tão valorizado quanto é hoje. “É necessário o
 treinamento para não ficarmos defasados”, diz Salete. Assuntos
 atuais como bulling e homofobia são tratados durante o curso.

“Eles vão relembrar aqui coisas que aprenderam na academia, além 
de entrar em contato com novos conceitos, mais avançados, de
 segurança”, afirma a gerente de instrução Eliane Hirt Ferreira Muller.
Na prática 
O estágio de qualificação é realizado em duas fases. A primeira
, que teve início nesta segunda (28), é teórica, com carga horária 
de 52 horas. Na segunda fase haverá 28 horas de atividades 
praticas, quando os alunos serão distribuídos nos parques da
 cidade para estágios operacionais.

Ao longo do dia, os guardas terão aulas de Direitos Humanos
, Estatuto do Desarmamento, Rádio Comunicação, Procedimento
 em Ocorrências e o Uso Progressivo da Força, Legislação, 
Técnicas de Abordagem, Técnicas de Algemamento e 
Técnicas de Patrulhamento.



Um comentário:

  1. Isso é importante, mesmo tendo mais de 1.000 integrantes,mas irão reciclar todos, mostra a preocupação e fazer......Qualificando o gcm, onde irá fortalecer a imagem da administração, acreditando e investindo....assim preparada para ser uma policia municipal qualificada.....

    ResponderExcluir