22 de novembro de 2012

Funcionários públicos reivindicam reajuste salarial e mais benefícios

Sindicato da categoria tenta marcar uma reunião com o prefeito Marco Bertaiolli para apresentar todos os pedidos
Servidores públicos municipais querem negociar reajuste diretamente com o prefeito Bertaiolli
O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública Municipal querem marcar uma reunião com o prefeito Marco Bertaiolli (PSD) para discutir questões trabalhistas. Entre as reivindicações, os representantes da entidade pedem reajuste salarial, tíquete alimentação e vale cesta básica para o próximo ano. Eles querem que esse encontro seja feito antes do fim do ano.

Segundo a diretoria do sindicato, alguns protocolos pedindo uma audiência com o prefeito foram feitos, mas que até agora, nenhum retorno foi dado. A entidade também informou ter entregado as reivindicações para os vereadores. "Queremos conversar e mostrar nossas propostas", afirmou o secretário-geral, Paulo Ricardo Alves Ramalho, de 41 anos. Ele contou que o sindicato fez estudos na Lei Orçamentária Anual (LOA) para mostrar que o reajuste pleiteado por eles pode ser pago pela Prefeitura. "Para conseguir dar o reajuste e os benefícios que pedimos será preciso R$ 22 milhões, o que representa 2% do orçamento", argumentou.

Pela proposta do sindicato, os funcionários públicos que recebem de R$ 1 mil a R$ 3 mil passariam a ganhar 15% de aumento real mais a inflação do período. O reajuste sofreria variação de acordo com o valor do salário. 
Por meio da Coordenadoria de Comunicação Social, a Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que, nos últimos anos, vem adotando medidas para a melhoria das condições de trabalho dos servidores públicos municipais. São ações como a instituição do plano de carreira, concessão de cesta básica aos funcionários com menor rendimento, estímulo ao aperfeiçoamento profissional, entre outros, inclusive com aumento real para os servidores em 2010.

No caso da remuneração, a legislação federal obriga a atualização dos valores pelo índice do IPC/Fipe do exercício anterior. A concessão de reajuste acima do índice está condicionada às verbas orçamentárias disponíveis. A administração municipal reafirma que vem recebendo os responsáveis pelo sindicato sempre que solicitada para discutir medidas de interesse do funcionalismo.

Fonte:Moginews

Um comentário:

  1. Quero dar os parabéns aos guerreiros do Sintap,todos seus diretores, pois sabemos que estão tentando,mas por outro lado estão sendo desrespeitados pelo administrador,não querendo conversar,fazendo de prepotente,pois esta é sua marca e seus secretários,PREPOTÊNCIA, e continua querendo enganar o eleitor dizendo que está recebendo ou a disposição p conversar,mentira,pois,oque acontece realmente é ao contrário,ele corre do SINTAP< AGCMMC, mas temos outros meios para mostrar sua real face....Continuem as batalhas contra a tirania...

    ResponderExcluir