3 de outubro de 2012

‘Baile funk’ no Botyra gera crítica



Mais uma vez, o Parque Municipal Botyra Camorim Gatti, no Centro Cívico, é alvo de reclamações e denúncias. Agora, o desrespeito à lei do silêncio está gerando indignação e revolta dos moradores que vivem nas proximidades do centro de lazer. O problema é recorrente desde o início do ano, mas tem se intensificado nas últimas semanas. Cansada de perder noites de sono, a professora Elisabeth Villar Cupello, que vive em um apartamento na Rua Major Pinheiro Franco, procurou O Diário para relatar o problema.
Segundo ela, os frequentadores do endereço estariam promovendo uma espécie de baile funk nas madrugadas dos finais de semana. “O barulho é absurdamente alto, não tem condições de dormir, é uma espécie de festa em pleno espaço público, como um ´pancadão`”, disse ela, fazendo referência ao som comum nos bailes funks do Rio de Janeiro.
Fonte:O Diario de Mogi

0 comentários:

Postar um comentário