1 de fevereiro de 2012

Cancelamento de Concurso Interno

Concurso da GM de 2009 é cancelado e guardas perdem promoção

 

A Prefeitura de Piracicaba anunciou nesta segunda-feira (30) a anulação de um concurso interno da Guarda Municipal (GM) realizado em 2009. O prefeito Barjas Negri (PSDB) assinou o decreto na última sexta-feira (27) acatando decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), que decidiu pelo cancelamento. Com isso, 31 GMs que passaram na prova voltam aos antigos cargos.
Na época, alguns guardas entraram na Justiça alegando irregularidades em algumas provas quanto à formulação das questões. O resultado foi homologado normalmente em janeiro de 2010, mas mudanças entraram em vigor no dia 2 de fevereiro do mesmo ano e os aprovados mudaram de funções dentro da entidade.
"É lamentável essa situação. Se o concurso tivesse sido feito corretamente não teríamos esse problema hoje. É uma pena ver esses trabalhadores voltarem para seus cargos antigos, mas essa decisão tinha que ser tomada. Precisamos de um concurso mesmo, mas que seja dentro das normas legais", afirma o presidente da Associação dos Guardas Civis, Marcus Cesar de Jesus Ramos.
Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, uma nova prova, com o mesmo objetivo da cancelada, será publicada no Diário Oficial na próxima semana. Todos os guardas poderão participar, inclusive, os 31 que tiveram de voltar às funções antigas.

 Fonte: EPTV

0 comentários:

Postar um comentário