21 de dezembro de 2011

Guarda armada gera polêmica

Durante a sessão de ontem da Câmara de Mogi das Cruzes, a hipótese levantada pelo vereador Protássio Ribeiro Nogueira (PSD) de armar a Guarda Civil Municipal gerou divergência. Ele defendeu a medida ao argumentar sobre a falta de segurança na cidade. Hoje, às 10 horas, a Comissão de Transportes e Segurança Pública do Legislativo mogiano realiza uma audiência com representantes das polícias Civil e Militar e da Secretaria de Segurança Pública para tratar do assunto.

A justificativa do vereador para armar a Guarda foi baseada, segundo ele, nos bons resultados de ações em outros setores em situações que seriam de competência do Estado. "Não estou querendo por a culpa no comando da polícia da cidade. A culpa é do governo estadual. Devemos armar, treinar e equipar a Guarda Civil se for necessário, porque estamos vendo resultado nas áreas em que a Prefeitura toma a responsabilidade". 
A ideia foi criticada pelo colega Francisco Bezerra de Melo (PSB). "A Guarda foi criada para cuidar dos prédios públicos e aqui estamos querendo que ela ajude as polícias Militar e Civil. São Paulo é o pior Estado em remuneração de policiais, como eles vão ter incentivos para trabalhar?", questionou o parlamentar.

Já Jolindo Rennó Costa (PSDB) afirmou que é preciso estudar a viabilidade de armar a GCM. "Eu confesso que não tenho uma opinião formada sobre isso, mas acho que é uma questão a ser estudada. A própria polícia tem problemas. É algo a ser discutido".

Fonte: Moginews

5 comentários:

  1. É MEU AMIGO PRECISAMOS TER TODAS AS INFORMAÇÕES,ESTATÍSTICAS,FLAGANTES,PRISÕES QUE NOSSA GUARDA FEZ,E MOSTRAR A ESSES POLITICOS OQUE NOSSA GUARDA CONSEGUIU FAZER DESARMADA,E MOSTRAR COMO PODEREMOS COLABORAR C A SEGURANÇA DE NOSSO QUERIDO MUNICIPIO SE OS GMS QUE TIVEREM CONDIÇÕES,E APROVADOS P ORGÃOS CREDENCIADOS A POLICIA FEDERAL DE PORTAR ARMA DE FOGO PODERÃO FAZER MUITO MAIS,BASTA MOSTRAR OQUE SE PODE SE QUERER,BASTA TER UM POUCO DE BOA VONTADE POLITICA...
    GM CLAUDIO

    ResponderExcluir
  2. Já mostramos que somos capaz,foram feitas diversas operações que resultaram beneficios á população, prisões em flagrante, veículos recuperados, apoio á diversas secretarias desde a um simples desentedimento, a um roubo dentro de um próprio, fizemos várias apreesões de mercadorias ilicitas, ja prendemos traficantes, estuprador, ladrão de carros, ja encontramos cadaver...etc...não da pra entender é como esses vereadores desconhecem os serviços prestados pela G.M., queria vêr se o cordenador ou o secretario teriam coragaem de verificar uma situação de alarme disparado no posto de saúde jardim margarida, deixassem as suas armas e fossem acompanhar uma guarnição da G.M.veriam que não é nada facil...(PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO) abs...G.M. De Melo.

    ResponderExcluir
  3. O vereador Chico Bezerra, demonstra desconhecimento dos serviços prestados pelas Guardas do Estado de São Paulo. Várias cidades equipam e treinam suas equipes, que prestam serviços valiosos a sua população, vide Americana, Cotia,São Caetano, e tantas outras, não se trata de competir com a PM, e sim somar, afinal os índices de criminalidade só vem aumentando. O Exmo. vereador deveria acompanhar mais os noticiários e também preocupar-se com os salários dos funcionários municipais, com os do Estado preocupam-se os Deputados Estaduais.

    ResponderExcluir
  4. GCM de Osasco recebe treinamento da Força Nacional para utilizar pistola Taser

    on 06 Outubro 2011.


    A Guarda Civil Municipal (GCM), órgão da Secretaria de Segurança e Controle Urbana (Secontru) da Prefeitura de Osasco, recebeu, entre os dias 3 e 6 de outubro, treinamento da Força Nacional de Segurança Pública para utilização da pistola Taser M26 (arma não-letal). Além dos 452 guardas civis de Osasco, outros 20 agentes da Guarda Civil Metropolitana da cidade de São Paulo participaram do curso.

    O treinamento para operador Taser tem carga horária de 12 horas, incluindo aulas teóricas e práticas. A formação é promovida pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública, via Departamento da Força Nacional de Segurança Pública e Coordenação Geral de Treinamento e Capacitação.

    As aulas foram ministradas por agentes da Força Nacional, dentre os quais capitão PM de Goiás, Daniel Pires Aleixo, o cabo PM do Rio Grande do Norte, Marco Aurélio de Oliveira, e cabo PM de Goiás, Marco Aurélio Rodrigues de Miranda. A programação incluiu as disciplinas de Regras Básicas de Segurança; Tecnologia, Comparativos de Amperagem, Funcionamento da pistola Taser M26; Manuseio para Uso e Após Uso e Trajetória dos Cartuchos; entre outras e ainda práticas de tiros.



    “A principal importância para os guardas operarem com armamento Taser é a redução do índice de letalidade nas ocorrências. Quanto menos for utilizada a arma de fogo será melhor tanto para o agente de segurança quanto para quem está sendo abordado”, disse o capitão Daniel.

    O secretário da Secontru, José Amando Mota, também destacou a importância do treinamento. “A GCM de Osasco está cada vez mais qualificada. Esse treinamento prepara os guardas para o uso correto dessas armas, evitando algum tipo de acidente que possa acontecer no momento da imobilização de um indivíduo. Essa pistola contribui para uma ação de desarmamento de um alvo munido de arma branca, pedaço de pau ou pedra, visando a baixa-letalidade” disse. “Para Osasco, é um orgulho ser incluída entre as cinco cidades do Estado de São Paulo para receber esse treinamento da Força Nacional e poder contribuir com a GCM da capital”, completou o secretário. Ele ainda anunciou que, em breve, a corporação da CGM estará utilizando o novo equipamento nas ruas da cidade.

    O comandante da GCM de Osasco, Gilson Menezes, acompanhou o curso salientou a qualidade da formação. “É uma ação extremamente produtiva e bem elaborada. Os instrutores são altamente preparados, afinal, essa equipe é a mesma que forma as polícias do Brasil, como: Militar, Civil, Federal e as Forças Armadas em geral. Estamos qualificados no mesmo bom nível dos principais agentes de segurança pública do País”, comparou.



    Da Prefeitura do Município de Osasco

    ResponderExcluir
  5. guarda de mogi das cruzes: é garantia de segurança do cidadão e os bens do município ou uma maquina de lavagem de dinheiro publico? o povo deve atentar para isso pois oque realmente faz esta guarda? obras realizadas até hoje quais os valores investidos, qual o treinamento e aprimoramento dos guardas...???? é realmente temos ver qual a real intenção por traz das guardas cargos com salários altíssimos quem realmente esta sendo beneficiado, o povo, o prefeito, o partido do prefeito, quem realmente ganha com isso tenho certeza que os guardas não ganhão nada mais que seus pobres salários... vamos acorda povo... aqui fica estas perguntas para que possamos pensar

    ResponderExcluir