26 de agosto de 2014

Dois mortos e um preso após assalto

Acusados de roubo de carga trocaram tiros com a polícia no fim da tarde ontem; um dos acusados foi detido.

Ocorrência na Vila São Sebastião contou a participação dos policiais da Rota de São Paulo e do 17º B
Uma ocorrência envolvendo um caminhão roubado resultou, por volta das 17 horas de ontem, em dois suspeitos mortos e um detido, em um galpão na avenida Doutor Álvaro de Campos Carneiro (a Perimetral), na Vila São Sebastião, em Mogi das Cruzes. Os acusados, cujos nomes e idades são desconhecidos, foram mortos durante troca de tiros com policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), que faziam escolta de menores no Fórum de Mogi das Cruzes e foram para o local, por estarem mais próximos do endereço passado pelo Centro de Operações da PM (Copom).
O tenente Takami, da Rota, coordenou a ação e explicou que, à princípio, apenas uma viatura da corporação, com três homens, chegou até o galpão, onde ao entrar deteve um suspeito que não ofereceu resistência ao ser preso. À Imprensa, ele se identificou como Alfredo de Souza, de 50 anos. 
Já dentro do galpão, ainda conforme os policiais da Rota, havia outros dois homens que atiraram contra os PMs usando uma pistola 9 milímetros, com numeração raspada, e um revólver calibre 38. Houve revide e a dupla caiu baleada no estabelecimento. 
Minutos depois, chegaram outras viaturas da Rota e do 17º Batalhão de Mogi em apoio, bem como duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), acionadas para socorrer os feridos. Entretanto, quando os profissionais do Samu chegaram, os suspeitos já estavam mortos. As armas, tanto dos policiais quanto dos acusados, foram apreendidas para exame pericial.

O caso chamou a atenção dos moradores locais e de pedestres, que se aglomeraram no canteiro central para acompanhar os trabalhos da polícia. O delegado Daniel Barbosa Miragaia Cintra, de plantão no 2º Distrito Policial (DP) de Brás Cubas, também esteve no lugar. Porém, até o fechamento desta matéria, não se sabia em qual delegacia a ocorrência seria registrada.

De acordo com a empresa de monitoramento do caminhão, o roubo teria acontecido em Interlagos, às 11 horas, e o sistema de rastreamento localizou o veículo Volkswagen modelo 24250, sem carga, passando por Poá e Suzano. O último sinal teria sido em Mogi e, por isso, a firma avisou a polícia. O motorista foi libertado no fim da tarde em São Miguel Paulista. 
Esta teria sido, afirmou um representante da empresa, a segunda vez que o mesmo caminhão havia sido roubado.

Fonte:Mogi News

0 comentários:

Postar um comentário