31 de janeiro de 2014

96 Guardas Municipais vão trabalhar armados a partir de segunda-feira

Prefeito ACM Neto entrou portes de armas a profissionais na quinta-feira.
Guardas também receberam coletes à prova de balas, além de uma pistola.

Noventa e seis GuardasMunicipais irão trabalhar armados em Salvador a partir de segunda-feira (3). O prefeito ACM Neto entregou as licenças para os portes de arma à primeira turma qualificada da Guarda Municipal durante solenidade realizada na quinta-feira (30), na prefeitura da capital baiana. A cerimônia também contou com a presença do chefe da Guarda, tenente-coronel Peterson Portinho.
Prefeito ACM Neto (Foto: Max Haack/Agecom)
Prefeito ACM Neto entrou portes de armas em
solenidade realizada nesta sexta-feira
(Foto: Max Haack/Agecom)
Além das licenças, os guadras também receberam coletes à prova de balas, além de uma pistola 380 para uso em serviço. Para obterem o porte de arma os profissionais foramtreinados pela Polícia Militar com apoio da Polícia Federal. O curso de qualificação foi realizado no período de um mês, com carga de 320 horas.
Durante a solenidade, o prefeito ACM Neto disse que a medida tem como objetivo aumentar a segurança dos moradores, "devolvendo o direito do cidadão de andar na rua”. O gestor afirma que até o fim de 2014 serão investidos cerca de R$ 50 milhões na Guarda Municipal, seja na aquisição de equipamentos e cursos de qualificação para 100% do efetivo, bem como na restruturação da sede da corporação.
Segundo a Prefeitura de Salvador, atualmente, a Guarda Municipal realiza trabalho de prevenção em 14 das 40 praças de grande porte da cidade. Em duas delas, a do Campo Grande e a do Largo de Roma, os profissionais atuam 24 horas. A corporação conta com um efetivo de 1.296 homens, 40 viaturas e um ônibus.
Cursos
A primeira turma qualificada da Guarda Municipal para atuar armada em Salvador passou por um treinamento com aulas teóricas, de tiros e capacitação psicológica. Segundo o gerente de operações da Guarda Municipal, Carlos Damasceno, a expectativa é de que outra turma seja iniciado ainda este ano.

"A gente quer dar continuidade, mas é um trabalho cauteloso. Queremos colocar a guarda armada de forma responsável. Para o efeitivo da Guarda Municipal que temos hoje o resultado está sendo altamente satisfatório, mas pode ser melhorado", acredita Damasceno.
Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário