11 de abril de 2012

Estrutura

A palavra estrutura (aquilo que dá sustentação a alguma coisa; armação, arcabouço), não precisa de muita explicação, ela fala por si só. Quando se constrói um edifico, há todo um processo que começa com a fundação bem feita, bons materiais, bons engenheiros, bons pedreiros, etc..., caso contrário essa construção pode ruir, não adianta contratar um bom engenheiro se a fundação foi mal feita.


 Deixando a analogia de lado, vamos falar da Guarda Municipal de Mogi das Cruzes, do que adianta colocar oito, quinze, vinte dois ou quantos “chefes” quiserem colocar, contratar mais nove, sessenta ou trezentos e cinquenta novos Guardas Municipais se não existe uma estrutura, um planejamento estratégico, uma definição clara de sua função, pois outro dia o Secretário de Segurança, falou a uma emissora de televisão que a Guarda Municipal não faz parte do sistema de segurança, então o que estamos fazendo, será que é o que disse uma vez um ex-vereador de nossa cidade “gastando gasolina”? Nós da Associação dos Guardas Civis Municipais de Mogi das Cruzes (AGCMMC), sinceramente acreditamos que não é só isso, cremos que a instituição tem um relevante papel na preservação do bem estar dos cidadãos e para isso, precisamos de estrutura, que é essencial, mas não temos, pois estrutura é o todo, não intervenções pontuais de benefícios duvidosos.



Aproveitando a analogia do edifício, por que não começarmos por essa parte, a prefeitura que é tão solicita em estruturar as instituições de segurança do estado, com uma serie de intervenções, construção, reforma, etc..., não poderia reformar o antigo prédio da 1ª Companhia de Policia do 17º Batalhão, no Alto do Ipiranga e torna-lo a sede da Guarda Municipal, o espaço que hoje é um problema para a vizinhança, acomodaria muito bem a corporação e resolveria o problema do mau uso do espaço publico como ocorre hoje.









Essa nova sede, não seria a solução 
para a falta de estrutura da Guarda Municipal, mas seria um bom começo, que com outras intervenções sistemáticas e continuas, alavancaria a corporação para um patamar de excelência no atendimento a que se destina, não apenas “gastaria gasolina”.







Um comentário:

  1. oque nosso irmão colocou neste blog mostra claro o espaço amplo que nossa dministração deixou parado p 3,4 anos, e através de reunião c integrantes da agcmmc juntamente c chefe de gabinete e secretario de segurança foi sugerido a ultilização deste espaço,devido as precárias condições na base atual,devido ao limite de gms no local,pois teria espaço p suprir e ampliar as atividades da gm mogi,sem falar que poderia muito bem ter amplas salas de instrução,uma administração adequada,salas de reuniões,um almoxarifado que poderia conter vários uniformes e equipamentos p gm,refeitório c tamanho p suprir 10,20,30 gms se alimentando,vestiários p suportar os gms,poderia ter espaços p atividades fisicas(quadra poliesportiva,academia),até poderia ter espaço adequado p canil,ambiental.e sem duvida o mais importante poder transmitir e proporcionar aos vizinhos que andam apavorados devido ao grande numero de drogados,moradores de rua,vandalos que usam o local, causando este desconforto e insegurança aos contribuintes.cabe aqui a sugestão que já foi dada as pessoas que poderiam fazer algo......

    ResponderExcluir